A Prefeitura de Canoas publicou, nesta terça-feira (24), um decreto que restringe a circulação de pessoas acima dos 60 anos pelas ruas da cidade. O deslocamento só será permitido para atividades essenciais, como atendimento médico e hospitalar, realização de exames laboratoriais e aquisição de gêneros alimentícios, de higiene e medicamentos. A medida ocorre devido às ações de enfrentamento ao coronavírus. O município já registra seis casos da doença.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Segundo o texto do Decreto 74, publicado no Diário Oficial do Município, “toda pessoa que circular pelas vias públicas deverá trazer consigo documento de identidade válido para comprovação de sua idade. A pessoa que aparentar idade igual ou superior a 60 anos e que não tiver consigo documento estará sujeita a ser acompanhada até sua residência pelos agentes de fiscalização ou de segurança pública para essa verificação”.  O texto ainda informa que o idoso que for pego circulando pela cidade sem motivação justificada corre o risco de pagar multa.