Foto: Jaime Zanatta/GBC

O Sindimetrô – entidade que representa os metroviários do Rio Grande do Sul – informou que protocolou na última segunda-feira (23) um ofício na Trensurb pedindo medidas para proteger a categoria e os usuários. Esse já é o terceiro documento.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

A entidade pediu que só sejam transportados trabalhadores de serviços essenciais, que não haja cobrança de tarifa e que as composições circulem apenas em horários de picos. Porém, que os trens acoplados seguiam operando para evitar aglomerações.

Além disso, o sindicato também pediu que as estações de menor movimento sejam fechadas nos próximos dias. Desde o inicio da semana, a Trensurb informou que os intervalos entre as composições foi ampliado para 30 minutos e que só circulam trens acoplados.