Foto: Vinícius Thormann/Prefeitura de Canoas

A vacinação contra a gripe foi retomada em Canoas, nesta terça-feira (31). A imunização, que ocorre na casa dos idosos, havia sido suspensa por falta de doses da vacina. O município recebeu do Ministério da Saúde mais 5 mil unidades, o que possibilitará o retorno das atividades. Ao longo dos próximos dias, 23 equipes irão percorrer as ruas da cidade, aplicando a vacina em pessoas com mais de 60 anos.   

A campanha de vacinação contra a gripe estava prevista para começar na segunda quinzena de abril, mas foi antecipada pelo Ministério da Saúde em todo o país para a próxima segunda-feira (23) devido à pandemia do novo coronavírus. Em menos de uma semana, a cidade já imunizou mais de 20 mil pessoas, cerca de 40% do público-alvo desta primeira etapa.  

Fique de olho 

Para preservar a segurança dos idosos, a Prefeitura de Canoas mobilizou agentes de segurança que estão acompanhando os técnicos nas visitas domiciliares. Todas as equipes que percorrem a cidade têm um agente de segurança, para dar mais tranquilidade aos cidadãos que irão abrir as portas de suas casas para receber a imunização. Além disso, os técnicos de saúde estarão devidamente identificados com coletes e crachás.  

– 1ª fase (a partir do dia 23/3): idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde; 

– 2ª fase (a partir do dia 16/4): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; 

– 3ª fase (a partir do dia 09/05): crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.