Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Um motorista de aplicativo foi morto a tiros enquanto trabalhava em Porto Alegre. Ele foi identificado como Antônio Luis do Amaranto da Silva de 38 anos. O crime ocorreu na última sexta-feira (3).

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Conforme a Polícia Civil, Antônio pegou um passageiro na Rua Riachuelo no Centro da Capital. Suspeitando do comportamento do cliente, ele encaminhou uma mensagem para um grupo de colegas motoristas, que estava desconfiando de um assalto.

Menos de uma hora depois, o Logan Prata da vítima, foi encontrado na Rua André da Rocha, também no Centro. O corpo de Antônio foi encontrado no sábado (4) perto da Ceasa, na Zona Norte.

Segundo a polícia, Silva foi atingido com dois tiros na cabeça. Celular e dinheiro foram levados no assalto. O crime está sendo investigado como latrocínio, roubo seguido de morte. “Estamos procurando testemunhas e câmeras para tentar identificar o autor”, conta a delegada Laura Lopes.

A última corrida de Antônio, na qual ele foi morto, tinha Canoas como destino. Ele era morador de Cachoeirinha e trabalhava há pelo menos três anos como motorista de aplicativo.