Foto: Adriano Rosa da Rocha

Vinte e seis aves silvestres foram aprendidas, na manhã desta quinta-feira (7), em uma ação conjunta envolvendo a Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA), a Patrulha Integrada de Proteção Ambiental (Pipa), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a Polícia Civil. A equipe se deslocou até a residência, no Parque Amador, após o recebimento de uma denúncia realizada pelo aplicativo Fiscale.vc.

Mantidas em cativeiro sem a autorização do Ibama, as aves foram recolhidas e encaminhadas para unidade do órgão em Porto Alegre. Os animais aprendidos eram das espécies azulão, coleirinho, curió, bicudo e trinca-ferro. Outras três ações, realizadas na última quarta-feira (6), nos bairros Três Marias e Centro, apreenderam 17 aves, entre as espécies estavam, papagaio verdadeiro, canário-da-terra, cardeal e bico de pimenta, além de duas tartarugas tigres d’água. Os animais foram entregues ao Ibama nesta manhã.

A criação irregular de animais silvestres é crime, passível de punições como multa e detenção, previsto nas leis 9.605 (Art. 29) e 6.514 (Art. 24). Denúncias podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria da Prefeitura de Esteio (0800-541-0400) e pelo aplicativo Fiscale.vc, disponível no site www.fiscale.vc ou para download gratuito nos sistemas Android e iOS nas lojas Google Play e App Store.