Foto: Prefeitura de Cachoeirinha/Divulgação

O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, concedeu entrevista coletiva virtual na manhã desta segunda-feira (11). Na ocasião, ele deu detalhes sobre medidas que estão sendo realizadas no enfrentamento à pandemia do coronavírus.

Entre os assuntos debatidos, o chefe do Executivo Municipal afirmou que a queda na arrecadação mensal chegou a R$ 5 milhões. Questionado sobre como ia fechar a o caixa, Miki afirmou que aguarda a chegada do socorro anunciado pelo Governo Federal. “Esse dinheiro vai vir em boa hora. Vai compensar um pouco das perdas que estamos tendo”.

Foto: Prefeitura de Cachoeirinha/Divulgação

Além disso, Miki também ressaltou que a prefeitura tem feito muitos esforços para honrar os principais compromissos. “Priorizamos a saúde e estamos garantindo o pagamento da folha de servidores. Estamos tentando segurar enquanto é possível, mas estou preocupado com a possibilidade de atrasar o pagamento”.

Compra de respiradores

Mesmo com menos dinheiro entrando no caixa, Miki reforçou que não vai deixar de investir na saúde. Ele informou que serão adquiridos, nos próximos dias, mais 10 respiradores. “Estamos vendo preços para comprar. Sabemos que existe uma dificuldade até do governo para a aquisição”.

Ele também salientou que o município construiu um Hospital de Campanha. Nele, são disponibilizados 64 leitos, sendo 41 de enfermaria, 15 de isolamento e oito de UTI com respiradores.

Hoje, Cachoeirinha tem 24 casos confirmados de coronavírus, segundo a prefeitura. Destes, 15 já estão recuperados.