Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Em entrevista ao vivo nesta quarta-feira (13), o secretário da Saúde de Canoas, Fernando Ritter, afirmou que a prefeitura poderá aplicar medidas mais duras em áreas da cidade que por ventura registrarem um aumento expressivo do número de contaminações por coronavírus. Segundo o titular da pasta, o georreferenciamento possibilita que o poder público planeje ações mais direcionadas em situações específicas.

“Caso a gente tenha um aumento expressivo de casos, o que não temos projetado hoje, tomaremos medidas muito mais localizadas, como bloqueios da região e fechamento do comércio, para que outras áreas, que não estiverem tendo problemas e tomam os cuidados, não tenham prejuízos”.

Ritter explicou que a prefeitura avaliará a situação da região que estiver com aumento do contágio. Para isso, ele não descarta também o reforço de ações de fiscalização e orientação ao público.

“Se percebermos que existe aumento significativo [de casos de coronavírus], vamos recomendar sim, como Comitê e como técnicos, que feche aqui e não precise fechar lá”, pontua Ritter.