Foto: Jaime Zanatta/GBC

A Polícia Civil deflagrou a Operação Parasita na manhã desta quinta-feira (21). O objetivo é combater a lavagem de dinheiro. Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em Canoas, Cidreira, Sapucaia do Sul e Sapiranga.

O principal alvo da operação é a diretora de uma transportadora de Esteio. Ela não teve o nome divulgado, mas a investigação coordenada pela delegada Luciane Bertoletti, apurou que ela desviava dinheiro da empresa para comprar bens.

Em Canoas, o irmão dela está sendo alvo de uma ordem judicial. Policiais estão na casa dele no bairro Guajuviras. Os investigadores apuraram que ele era um dos braços da diretora no desvio de recursos.

Aguarde mais informações.