Foto: Jaime Zanatta/GBC

O Palácio Piratini divulgou, por volta das 18h30 deste sábado (13), a atualização das bandeiras para o Rio Grande do Sul no combate ao coronavírus. Canoas, Cachoeirinha, Esteio, Nova Santa Rita e Sapucaia do Sul, seguem com bandeira laranja.

Por isso, nada muda na visão estadual da abertura de comércio e funcionamento de serviços. O comércio varejista de rua e de centros comerciais e shoppings deve operar com metade do quadro de funcionários, respeitando as medidas restritivas de distanciamento, higienização e proteção individual. No caso de centros comerciais e shoppings, a lotação não pode exceder metade da capacidade da loja. O comércio de gêneros alimentícios deve operar com 75% do quadro e monitorar a temperatura corporal dos funcionários.

Em relação aos serviços, academias de ginástica devem operar com 25% do quadro de funcionários, tendo o atendimento individualizado. Clubes sociais e esportivos seguem fechados, bem como bares, pubs e casas noturnas e teatros, eventos, cinemas e similares. Missas e serviços religiosos e bancos, lotéricas e similares, apenas com 25% e 75% de público, respectivamente. Todos os espaços devem respeitar as medidas restritivas de distanciamento, higienização e proteção individual.

Havia a expectativa de que o governador, Eduardo Leite, colocasse a região na bandeira vermelha.