O criminoso que morreu após um confronto com a Brigada Militar (BM) na última quarta-feira (17), em Sapucaia do Sul, tinha uma extensa ficha criminal. Ele não teve a identidade divulgada.

A reportagem de Agência GBC apurou que ele tinha antecedentes por ameaça, lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo, receptação e roubo a joalheria.

O confronto ocorreu, segundo a Brigada Militar (BM), quando policiais foram averiguar uma denúncia de carro roubado. Quando chegaram no local, foram surpreendidos pelo criminoso atirando. A guarnição revidou e ele acabou morrendo no local.

A ocorrência foi na Rua Mariano do Canto, no bairro Jardim. Nenhum policial ficou ferido.