Foto: Polícia Civil/Divulgação

Três criminosos foram presos em Sapucaia do Sul nesta sexta-feira (26). Eles são acusados de matarem uma mulher a pauladas.

Conforme a investigação da 2ª Delegacia de Polícia de Sapucaia do Sul, o crime está relacionado ao tráfico de drogas. Os investigadores apuraram que ela era usuária. A pauladas e com requintes de crueldade dois, dos quatro acusados do crime, assassinaram a vítima em uma casa conhecida como “fumódromo”.

A investigação também descobriu que o mandante do crime foi o chefe do tráfico no local. Após a mulher ter sido morta, o filho de um dos suspeitos mandou um morador de rua desovar o corpo, que foi embrulhado em um saco plástico com o intuito de ser transportado como lixo. O cadáver foi deixado nas imediações de um cemitério.

Para prender os criminosos, os agentes deflagraram a Operação Casa do Terror. Foram cumpridos os mandados de prisão temporária. Os três criminosos tem antecedentes por tráfico e associação a ele. Quem coordenou a ação foi o delegado Thiago Carrijo. “As prisões foram fruto de uma complexa e imediata investigação”, afirmou.

Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana, delegado regional Mario Souza, esclarece que “as ações contra os crimes de Homicídio são uma das prioridades da regional” e que “a resposta do Estado deve ser a mais rápida possível, para evitar a impunidade”.