Foto: Jaime Zanatta/GBC

O Governo do Estado divulgou na última sexta-feira (10) o mapa preliminar da 9ª rodada do modelo de distanciamento controlado. Canoas, Cachoeirinha, Esteio, Nova Santa Rita e Sapucaia do Sul se mantiveram na bandeira vermelha.

De acordo com a avaliação do Governo do Estado, os registros de hospitalizações por Covid-19 cresceram 8% nos últimos sete dias, passando de 64 para 69 internações. Apesar disso, em relação à semana anterior, Canoas conseguiu mudar a bandeira do indicador de preta para laranja.

Além disso, segundo o Estado, o número de hospitalizações ainda é alto para a região. Diante disso, a bandeira final acompanha a tendência de agravamento, pois se trata da velocidade do avanço da pandemia e dos efeitos que podem continuar nas próximas semanas.

Da mesma forma, o número de internados em UTI por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no último dia passou de 42 para 47 entre as duas semanas. Para o indicador de internados em UTI confirmados para Covid-19, o crescimento foi de 13%, variando de 32 para 36. Com relação ao número de pacientes Covid-19 em leitos clínicos o aumento foi de um paciente, passando de 46 para 47 internados.

Na razão entre os casos ativos na semana e recuperados nos 50 dias anteriores ao início da semana, o indicador obteve bandeira vermelha, principalmente pela elevação do número de recuperados e razoável estabilidade em casos ativos.

No caso do número de hospitalizações confirmadas para Covid-19 nos últimos sete dias para cada 100 mil habitantes, o indicador manteve-se em bandeira preta.

Prazo para recorrer

No prazo de 36 horas após a publicação do mapa preliminar, que se encerra às 6h de domingo (12), os municípios que quiserem podem encaminhar recursos sobre as classificações.

Na segunda-feira (13), o Gabinete de Crise analisará os dados enviados e rodará o mapa novamente e, à tarde, divulgará as bandeiras definitivas, que serão vigentes de 14 a 20 de julho.