Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Na última segunda-feira (13) o governador Eduardo Leite acatou uma reivindicação de diversos prefeitos sobre o funcionamento do comércio enquanto a bandeira vermelha estiver vigorando. Pela regra, o município que estiver na classificação de alto risco deve manter fechado o comércio varejista não essencial.

Atendendo aos pedidos, o governo estadual anunciou uma alteração no protocolo, permitindo o setor, mesmo em território com bandeira vermelha, funcionar em sistema de pague e leve e drive thru. A região 8 de Canoas, classificada mais uma vez como de alto risco para o coronavírus, poderá aderir ao sistema a partir desta terça-feira (14). O comércio eletrônico também está liberado.

Durante a manhã, a prefeitura autorizou que o comércio não essencial trabalhe nessa modalidade. Porém, está proibida a entrada do cliente na loja.