Foto: Jaime Zanatta/GBC

A Prefeitura de Sapucaia do Sul autorizou que o comércio não essencial da cidade funcione com o serviço de pegue e leve e drive-thru. A medida está de acordo com a atualização de um protocolo do governo estadual, visando atender os municípios que estão em bandeira vermelha no sistema de distanciamento controlado.

Conforme novo decreto municipal, os estabelecimentos não essenciais também ficam autorizados a atender, na porta, clientes que precisem pagar carnês. A entrada dos clientes dentro das lojas segue proibida. Também está permitido o funcionamento de estúdios de tatuagem e piercing, desde que sejam respeitadas medidas de higiene, atendimento individual e distanciamento de quatro metros entre clientes.

Finais de semana: Sapucaia seguirá com medidas mais restritivas nos próximos dois finais de semana, como forma de conter a transmissão do novo coronavírus na cidade. Foi prorrogado, até 26 de julho, o fechamento do comércio e serviços não essenciais, além de academias, salões de beleza e barbearias, hotéis, motéis, banho e tosa, nos sábados e domingos. Nestes dias não é permitido o atendimento em sistema de pegue e leve e drive-thru.

A realização de missas e cultos religiosos não é permitida, mas as igrejas poderão permanecer com portas abertas, desde que seja respeitado o distanciamento de dois metros e o número máximo de 30 pessoas.

Restaurantes, padarias, cafeterias e lancherias, somente podem atender nos sistemas de tele-entrega, pegue e leve e drive-thru, não sendo permitido consumir alimentos nos locais. Já bares, boates e casas noturnas não podem funcionar, e não é permitido frequentar praças e parques, nem promover festas, eventos e atividades esportivas que resultem em aglomeração de pessoas.