Foto: Divulgação

O prefeito de Esteio, Leonardo Pascoal, se manifestou nas redes sociais nesta quinta-feira (06), depois que teve a irmã, Gabriela Pascoal, detida pela Brigada Militar por tráfico de drogas, na noite de quarta (05), na Vila Olímpica.

Pascoal afirmou que não tem relação próxima com Gabriela, mas que o fato o entristece. O prefeito acrescentou que no final do ano passado, ao receber algumas informações, comunicou a suspeita de envolvimento da irmã aos órgãos de segurança.

“Espero que ela seja julgada como qualquer cidadão que pratica um ato ilícito, sem nenhum tipo de privilégio. Não compactuo com essa conduta que tanto mal traz à sociedade”, escreveu Pascoal, que finalizou seu posicionamento pontuando “que a Justiça cumpra o seu papel”.

A reportagem tentou contato com a defesa de Gabriela, mas ainda não obteve retorno.

Entenda

Gabriela e um homem foram detidos pela polícia ao serem flagrados pelos policiais do 34° Batalhão de Polícia Militar (34º BPM) praticando tráfico de drogas.

Conforme a Brigada Militar, os policiais receberam a denúncia de que os dois estavam com drogas em um veículo branco. Durante a abordagem, foi encontrado dentro do carro 11 petecas de cocaína e R$ 120 em notas trocadas.

Gabriela foi levada até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas onde foi liberada pelo delegado plantonista.