Governo divulga novas datas de pagamento do auxílio emergencial | Agência GBC
22.9 C
Canoas
09 de dezembro de 2022

Governo divulga novas datas de pagamento do auxílio emergencial

A nova medida foi publicada no Diário Oficial

O novo calendário de pagamentos do auxílio emergencial foi publicado em uma portaria, nesta quarta-feira (26), pelo Ministério da Cidadania no Diário Oficial do União.

As novas datas são válidas aos trabalhadores que se cadastraram nas agências dos Correios entre os dias 8de junho e 2 de julho, e para aqueles que contestaram o pedido de auxílio entre os dias 3 de julho e 16 de agosto e que tenham sido considerados elegíveis. As pessoas que receberam a primeira parcela em meses passados, porém tenham o pagamento revalidado para o mês de agosto, também são abrangidas pelo novo calendário.

Segundo a portaria, as pessoas cuja inscrição foi realizada nas agências dos Correios, receberão a primeira parcela entre os dias 28 de agosto a 30 de setembro. A partir do dia 19 de setembro até 27 de outubro serão liberados os saques.

Já as segundas e terceiras parcelas têm como data de pagamento de 9 de outubro a 13 de novembro e as datas de saque serão de 29 de outubro a 19 de novembro. As quartas e quintas parcelas serão liberadas a partir de 16 de novembro a 30 de novembro, e os saques disponíveis de 26 de novembro a 15 de dezembro.

Os trabalhadores que contestaram entre os dias 3 de julho e 16 de agosto, receberão a primeira parcela entre os dias de 28 de agosto a 30 de setembro e seus saques serão liberados a partir de 19 de setembro a 27 de outubro. As segundas e terceiras parcelas serão de 9 de outubro a 13 de novembro, e os saques a partir de 29 de outubro a 19 de novembro.

As duas parcelas pendentes serão pagas a partir de 16 de novembro a 30 do mesmo mês e os saques serão liberados a partir do dia 19 de novembro a 15 de dezembro.

No caso de quem já tenha recebido a primeira parcela em meses passados e o pagamento foi suspenso em agosto, o Ministério pagará as parcelas que faltam no período de 28 de agosto a 30 de setembro. Os saques estarão disponíveis a partir de 19 de setembro a 27 de outubro.

De início, os valores serão depositados na poupança social digital, podendo ser utilizados para pagar contas e fazer compras através do cartão de débito virtual. Mais tarde, os recursos serão liberados para transferências e saques. De acordo com o Ministério da Cidadania, o intuito da medida é que aglomerações sejam evitadas, minimizando assim, o risco de propagação do Coronavírus.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!