Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

O corpo de Liziane Beatriz Bastos de 35 anos foi encontrado esquartejado na última sexta-feira (28) em Novo Machado, na Região Noroeste do Estado. Um dia antes, na quinta, Jandir Scarantti – namorado dela – de 28 anos, foi encontrado morto na residência onde vivia. Ele se suicidou.

Conforme a Polícia Civil, Liziane não apareceu no dia em que o namorado foi encontrado morto na casa onde os dois viviam. Familiares passaram a estranhar o sumiço dela e, com isso, os policiais passaram a investigar a possibilidade de ela ter sido vítima de algum crime. Por isso, no dia seguinte, com a colaboração dos familiares do rapaz morto, a polícia foi até uma propriedade em Novo Machado, município a cerca de 35 quilômetros de Santa Rosa. “Fomos até esse local para verificar se havia a possibilidade de ela ter estado lá ou mesmo de estar morta no local. Acabamos confirmando isso, quando buscamos por algum indício de terra remexida. Cavamos e localizamos o corpo na área externa da propriedade”, contou o delegado Marcelo Lech. 

Após encontrarem o corpo da jovem, que havia sido esquartejado e enterrado, a polícia retornou até a casa em Santa Rosa onde Scarantti se suicidiou. No local, os policiais recolheram uma mala ensanguentada, um colchão com vestígios de sangue, sacos plásticos e carne congelada que podem ser restos mortais da vítima. O material foi encaminhado para o Instituto-Geral de Perícias para ser analisado. 

A morte da jovem seguirá sendo investigada pela Delegacia da Mulher de Santa Rosa, mas a principal suspeita é de que o companheiro tenha se matado após ter cometido o crime.