O Congresso Nacional aprovou um projeto que pode cancelar as dívidas tributárias das igrejas que estão acumuladas após a Receita Federal ter fiscalizado e aplicado multas. O valor a ser perdoado gira entorno de R$ 1 bilhão, conforme foi apurado pelo jornal O Estado de S. Paulo e o Broadcast.

O projeto ainda espera a aprovação do presidente Jair Bolsonaro, que tem na bancada evangélica um grande pilar que sustenta politicamente seu governo. O prazo para sancionar o projeto é até o dia 11 de setembro.