José Valnes Silva Siqueira, 39, foi condenado a 45 anos de prisão em regime fechado por homicídio quadruplamente qualificado. Ele matou a ex-companheira a facadas no ano de 2018 em São Nicolau.

A decisão foi tomada na última quarta-feira, porém só foi divulgada nesta sexta-feira (18). O homem recebeu a pena máxima do crime. José foi acusado por ter cometido femincídio, por motivo torpe e meio cruel com recurso que dificultou na defesa da ofendida. Ele também descumpriu a medida protetiva de urgência que a vítima tinha contra ele.