Foto: Diego Calovi / CaloviFilms

O monumento ao Laçador, na entrada de Porto Alegre, está de máscara. O acessório chamou a atenção de quem chegou na capital durante a manhã desta segunda-feira (21).

A responsável pela costura é a Samanta Silva Almeida, moradora do Mathias Velho, em Canoas. Ela produziu uma máscara em tecido nas medidas de 48 centímetros de largura e 38 centímetros de altura. Junto com ela, estava o médico vasectomista João Batista Pires.

O objetivo dos dois é conscientizar a população sobre a importância do uso de máscara durante a pandemia. A dupla já havia colocado o acessório no Laçador no dia 10 de setembro, mas ele foi retirado pela Guarda Municipal, pois não havia autorização. Desta vez, a Prefeitura de Porto Alegre autorizou por 60 dias.