Foto: Jaime Zanatta/Agência GBC

O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, anunciou em suas redes sociais no inicio da noite desta quarta-feira (30) que os dois hospitais de campanha construídos nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Boqueirão e Rio Branco, serão desmontados. “Dia histórico hoje”, enfatizou.

Segundo Busato, mais de 17 mil pessoas foram atendidas nos espaços. “Chegou o momento de despedida das equipes que se dedicaram heroicamente no combate ao Covid”, comentou. O prefeito ainda finalizou agradecendo aos profissionais. “Aos guerreiros da saúde meu muito obrigado.”

Conforme informações apuradas pela reportagem de Agência GBC as estruturas devem começar a serem desmontadas já na manhã da próxima quinta-feira (1°).

Hospitais de campanha
Em março, no inicio da pandemia, a prefeitura anunciou quatro hospitais de campanha. Um seria no Prédio 1 do campus da Universidade Luterana do Brasil, outro no estacionamento do Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) e os outros dois nas UPAs. Os dois primeiros foram realocados para dentro do Hospital Universitário (HU), HNSG e Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC).