Foto: Brigada Militar/Divulgação

Um criminoso de Canoas e mais dois comparsas foram presos na última quinta-feira (8) em Encantado, no Vale do Taquari. Eles estavam em um Pálio Prata que foi denunciado para a Brigada Militar (BM).

Conforme a BM, uma guarnição começou a realizar buscas pelo veículo e o encontrou no pátio de um posto de combustíveis. Porém, além dele, um VW Gol preto também entrou no radar dos policiais. Os três ocupantes, dos dois veículos, desceram e os PMs fizeram a abordagem.

Os criminosos foram identificados e, além do canoense, estavam dois moradores de Porto Alegre e São Leopoldo. Eles estavam em veículos clonados e roubados. Os policiais apreenderam uma pistola 380; uma pistola 765; um revólver calibre 38; 24 cartuchos 380; 50 para calibre 38; 11 para calibre 32; dois carregadores para pistolas 380 e 765; um colete balístico; duas camisetas com a inscrição Polícia Civil; quatro celulares; R$ 2,5 mil em dinheiro; e documentos falsos.

Um dos presos, segundo a BM, era comparsa de José Carlos dos Santos, conhecido como Seco. Ele já foi o principal foragido do Estado por causa dos ataques a bancos e carros-fortes.