Um jovem, 18 anos, que se fingia de surdo-mudo, para pedir dinheiro, foi preso na última quarta-feira (21), em Uruguaiana. Ele entregava panfletos que diziam ser deficiente e se sustentava com as doações.

Segundo a polícia, uma ação realizada pela Brigada Militar e Guarda Municipal localizou o jovem e os policiais constataram que ele não surdo-mudo. A polícia já tinha recebido denúncias sobre o rapaz, porém tinha dificuldades de encontra-lo.

De acordo com os policiais, um “milagre” aconteceu e o jovem confessou que trabalhava como cantor de pagode em casas noturnas em Alegrete e que fugiu da cidade assim que sua ex-esposa passou a cobrá-lo a pensão alimentícia através da justiça. Foi expedido um mandado de prisão contra ele, pois não pagou a pensão.