Foto: Polícia Civil/Divulgação

Policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Canoas, coordenados pela Delegada Clarissa Demartini, apreenderam uma pistola durante investigação de crime envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher.

Um homem, 86 anos, utilizava a pistola para amedrontar a vítima e já chegou a atingi-la com coronhadas.

A ação faz parte da Operação Outubro Seguro, engajamento ao movimento Outubro Rosa, cujo objetivo é de intensificar as ações de repressão à violência doméstica e familiar contra a mulher e promover ações de conscientização em saúde e violência.

A Delegada Clarissa enfatiza a importância da atuação da Delegacia da Mulher: “delitos que envolvem a utilização de arma de fogo são potencialmente mais lesivos, pois podem culminar em agressão letal”.

O Diretor da 2 DPRM – Regional Canoas, Delegado Mario Souza, esclarece que o enfrentamento à violência contra a mulher é uma das prioridades da atual gestão, e enfatiza “A Operação Outubro Seguro é mais uma ferramenta que a Delegacia da Mulher de Canoas lança mão para reprimir a violência doméstica e familiar contra a mulher”.