Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (28) a Operação Cobrador. Os alvos são agiotas de Canoas que estão na mira dos agentes da Delegacia de Repressão ás Ações Criminosas Organizadas (DRACO).

Estão sendo cumpridas nove ordens judiciais em Canoas, Cachoeirinha, Gravataí, Porto Alegre e Viamão. Foram quatro meses de investigação.

O esquema, conforme informações iniciais apuradas por Agência GBC, aponta que os criminosos faziam empréstimos pela internet. As principais vítimas são comerciantes e motoristas de aplicativos. Com os juros, em alguns casos, as dividas ficaram impagáveis.

Aguarde mais informações