Um homem, de 35 anos, foi preso por estuprar a enteada, mulher de 32 anos, que possui deficiência intelectual, em Rosário do Sul, na última terça-feira (3).

Segundo a Brigada Militar, o Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora procurou a polícia após que uma mulher, que estava acompanhada da mãe, buscou atendimento médico na madrugada da terça-feira. No local, os policiais conversaram com a mãe da vítima, que relatou que a filha fora estuprada pelo padrasto. O hospital constatou a violência sexual.

A mãe da vítima relatou para a polícia que durante a noite, o companheiro saiu do quarto onde dormiam, e ela estranhou a demora do companheiro e foi procura-lo pela casa. Foi quando ela avistou o companheiro saindo do quarto da filha. A mãe olhou para dentro do cômodo e percebeu que a filha estava nua. Em seguida ouviu o homem sair da casa.

De acordo com a Brigada Militar, a guarnição fez buscas pela região, porém, em primeiro momento, não conseguiu localizar o criminoso. Quando mãe e filha voltaram para casa, após registrar o B.O, encontraram a porta casa arrombada.

Os policiais encontraram o homem dentro da residência. Ele reagiu á abordagem policial, porém, foi imobilizado, preso e levado à delegacia. Ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e levado ao Presídio Estadual de Rosário do Sul.