Foto: Divulgação

A esposa do tenente do Corpo de Bombeiros Glaiton Silva Contreira, foi presa na última segunda-feira (9), por ter planejado a execução do ex-marido. Glaiton foi encontrado morto em Sapiranga no dia 26 de outubro.

O filho da mulher já foi preso em flagrante, segundo a polícia, através da investigação descobriram a participação da mulher no homicídio. A função dela foi dopar Glaiton e ajudar o filho a carrega-lo até o carro. O filho golpeou o bombeiro no pescoço com uma faca e deixado o corpo em uma região afastada de onde a família mora.

Segundo a polícia, a substância utilizada para dopar Glaiton é a mesma que estava sendo desviada do hospital, onde o enteado era estagiário.