Foto: redes sociais

Uma quadrilha tomou as ruas de Cametá, Pará, no começo da madrugada desta quarta-feira (2), para assaltar um banco. Os moradores da cidade reataram em suas redes sociais terem passado uma noite de terror. De acordo com informações do prefeito Waldoli Valente (PSC), uma pessoa foi morta.

O crime tem características muito semelhantes ao ataque de Criciúma, Santa Catarina, na última terça-feira (1º). Quando um grupo formado por 30 membros também atacaram o município com objetivo de assaltar um banco.

Da mesma forma que aconteceu em Criciúma, em Cametá, a quadrilha usou os reféns de escudo para conseguir andar pelas ruas da cidade. O grupo as capturou em bares e ficou atirando para cima por mais de uma hora. Eles estavam munidos com armas de calibre alto e explosivos.

Outra semelhança com Criciúma, o grupo que atacou Cametá, atacou um quartel da polícia militar e impediu que os policiais saíssem do local.

A quadrilha liberou a cidade por volta da 1h30 da manhã. Segundo a polícia, os criminosos fugiram usando carros e barcos, pois o município fica às margens do rio Tocantins.