Foto: divulgação

Prefeitos gaúchos estiveram em São Paulo, nesta quinta-feira (10), e assinaram um Protocolo de Intenções para a aquisição da vacina CoronaVac. O imunizante está sendo produzido pela instituição paulista em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. As tratativas iniciaram pelo Consórcio da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal).

O ato de assinatura do protocolo de intenções ocorreu no fim da tarde, pelos prefeitos Leonardo Pascoal, de Esteio, e Maneco Hassen, de Taquari.

“Temos a expectativa de que uma campanha nacional de vacinação seja efetivada pelo Ministério da Saúde. Porém, até que isso ocorra, vamos alinhavando esse Plano B”, explica a prefeita de Nova Santa Rita e presidente da Granpal, Margarete Ferretti, que começou a aproximação com o Butantan na semana passada.

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirma que a instituição tem capacidade de produzir, a partir de agora, até 1 milhão de doses da vacina por dia. Cada frasco custará cerca de R$ 55. A imunização será feita em duas etapas.

“Quem vê de perto os laboratórios não tem como duvidar da eficácia da vacina. É emocionante tocar naquele frasco, que representa a esperança de milhões de pessoas. Hoje saímos convictos de que estamos mais próximos do fim disso tudo”, testemunhou o prefeito Leonardo Pascoal, que viajou representando a Granpal.