Foto: Dado Ruvic/Reuters

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta segunda-feira (14) que em 10 dias irá decidir sobre o uso emergencial das vacinas contra Coronavírus no Brasil. De acordo com a Anvisa, é preciso que os documentos necessários sejam enviados aos técnicos para que possam ser avaliados, para que esse prazo possa ser válido. Segundo a Anvisa, os técnicos estão trabalhando arduamente em tempo integral, e permanecerão assim até mesmo na semana do Natal e Ano Novo, para que as análises e avaliações sejam continuadas.

Anvisa alerta que não por que outros países já concederam o uso emergencial que o Brasil fará o mesmo automaticamente. “Acompanhando o cenário mundial, é possível perceber que nenhuma Autoridade Reguladora, até o momento, concedeu autorização de uso emergencial de forma automática, baseada na avaliação de um outro país”, coloca a agência.