Foto: Internacional

O Jogador Andrés D’Alessandro se despediu do Internacional na noite do último sábado (19), após vitória do colorado por 2×0 do Palmeiras, rodada válida pelo Brasileirão, no Beira-Rio, Porto Alegre.

As homenagens ao jogador argentino começaram ainda durante jogo, quando o meia campista entrou aos 42 minutos do segundo tempo e recebeu a braçadeira de Capitão, que carregou durante 12 anos, das mãos do jogador Rodrigo Dourado.

Assim que a partido acabou, o jogador ficou muito emocionado e não conseguia conter as lágrimas. Todos os companheiros de equipe foram dar um abraço no argentino, que também recebeu, das mãos do árbitro, a bola da partida.

D’Alessandro ficou no meio do campo do estádio Beira-Rio, palco de muitas conquistas para o jogador, onde ficou conversando com o treinador Abel Braga. Até os jogadores do Palmeiras homenagearam o jogador.

O argentino também recebeu o carinho da família. A esposa e os três filhos entraram no gramado do estádio, onde assistiram emocionados um vídeo no telão com os depoimentos dos antigos colegas de time.

D’Alessandro agradeceu. Comemorou a vitória sobre o Palmeiras, e lamentou o Beira-Rio vazio em sua despedida, devido a pandemia do Coronavírus. E agradeceu aos torcedores. “Obrigado por tudo. A admiração é minha”, resumiu.