Foto: Jaime Zanatta/GBC

Nenhum coletivo da Sogal circulou por sete dias em Canoas. Na manhã desta quarta-feira (30), após uma decisão da Justiça do Trabalho, os ônibus voltaram a circular de forma parcial. Ao longo dia, apenas 55% da frota deve sair da garagem.

Conforme o Sindicato dos Rodoviários, o primeiro ônibus saiu da garagem antes das 5h. Ao longo do dia, 38 ônibus devem circular por Canoas.

A categoria segue em greve, já que não chegou a um acordo com a empresa, que diz não ter como pagar o que eles reivindicam. Para cumprir a decisão, eles informaram que vão reforçar a circulação nos horários de pico — entre 6h e 8h e entre 17h30min e 20h — até o dia 5 de janeiro, quando haverá reunião com a presença de integrantes do futuro governo municipal.

Os rodoviários cruzaram os braços por causa do atraso nos pagamentos de benefícios. Eles cobraram férias, 13° salário e vale-alimentação.

Procurada pela reportagem de Agência GBC, a Sogal não atendeu as ligações.