Foto: Jaime Zanatta/Agência GBC

Há oito anos trabalhando no Hospital Universitário de Canoas, a técnica de enfermagem Lisete Marcia Hendges de 49 anos, nunca imaginou passar por uma pandemia. Agora, quase um ano depois do começo da batalha contra o coronavírus, ela é a primeira profissional de saúde da cidade a ser imunizada. “Estou muito feliz! Muito orgulhosa”, afirma.

Lisete ficou sabendo que foi a escolhida na última segunda-feira (18). “Meu marido me traz para o hospital. Entrei no carro e vi que tinham mensagens. No mesmo instante me ligaram e fizeram o convite. Nossa, meu coração quase explodiu”, conta ao diz que a família ficou com receio. “Minha filha perguntou se eu não ia morrer. Mas, ela disse que se eu tomasse a vacina, ela também iria tomar.”

A profissional não foi a única vacinada nesta terça-feira (19). O primeiro imunizado foi Valdemar Ferla de 82 anos. Ele representa os moradores das Instituições de Longa Permanência (ILPI). “Desejo saúde para todo mundo”, afirmou após ser imunizado.

Quem acompanhou a vacinação dos dois canoenses foi o prefeito, Jairo Jorge. “É um dia de gratidão. Dia de agradecer ao Valdemar e a todos os nossos idosos que ajudaram a construir a nossa cidade. Para a Lisete também temos que agradecer. Pessoas como ela e seus colegas estão na linha de frente de enfrentamento à essa batalha contra o Coronavírus”, pontuou.