Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil flagrou nesta quarta-feira (20) uma fábrica de gelo cheia de irregularidades em Canoas. O local, que não teve nome e nem endereço divulgados, foi autuado.

De acordo com a polícia, os agentes encontraram irregularidades administrativas, como sacos de gelo armazenados em câmara fria com rótulos inadequados. Neles, o CNPJ e o endereço não condiziam com o da fábrica. Além disso, faltava higiene na área em que o gelo era produzido.

Em função dos problemas de rotulagem, foram apreendidos cautelarmente 81 sacos de gelo de 10kg, que permaneceram na câmara fria da fábrica, a disposição da Vigilância Sanitária. Amostras dessa carga foram enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (LACEN), para a análise físico química microbiológica e microscópica do produto.

Segundo a Polícia Civil, o objetivo era coibir a fabricação de gelo em desacordo com as prescrições legais. A ação foi realizada em conjunto com o Ministério Público Estadual, Centro Estadual de Vigilância Sanitária em Saúde (CEVS) e Vigilância Sanitária de Canoas.