Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) de Gravataí, na Região Metropolitana, deflagrou nesta quinta-feira (21) a Operação Urgência. O objetivo era prender um criminoso de Cachoeirinha que sequestrou e torturou o integrante de uma facção rival. A vítima não morreu.

Conforme o delegado Robertho Peternelli, que coordenou a ação, o alvo foi preso em casa no bairro Granja Esperança. Ele queria acertar contas com a vítima e junto com outros comparsas cometeu o crime. O homem que não teve a identidade divulgada foi encontrado no chão, com as mãos algemadas e com várias lesões na cabeça, pedindo socorro.

Além dessa ordem de prisão expedida pelo Poder Judiciário, os agentes também cumpriram sete mandados de busca e apreensão e mais um de prisão preventiva. O crime ocorreu no final de 2020.