Foto: Silvio Avila/AFP

O governador Eduardo Leite participa de uma reunião nesta segunda-feira (22) com a Famurs (Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul) para discutir a situação do avanço da pandemia do coronavírus em todo o Estado. O mapa preliminar do distanciamento controlado aponta que 11 regiões estão sob a bandeira preta.

Durante o encontro com prefeitos e associações, Leite apontou que o colapso na saúde da Região Metropolitana deve acontecer em, no máximo, sete dias. A situação mais grave acontece na região dos Vales, onde o colapso pode ocorrer até sexta-feira. “Chegamos pela primeira vez a 86% de ocupação dos leitos de UTI”, destacou Leite.

Na pauta da reunião estavam a volta às aulas e mais flexibilizações para frear o avanço da pandemia. “Momento crítico que estamos vivendo e precisamos da colaboração de todos”, afirmou o governador.