Foto: Thales Ferreira/PMSL

Pelo segundo dia consecutivo, o Rio Grande do Sul ficou sem leitos de UTI e a taxa de ocupação chegou a 100,9%. Até às 15h desta quarta-feira, eram 2.921 pacientes para um total de 2.895 vagas.

Do total de pacientes internados, 1.865 pessoas estão com diagnóstico de coronavírus confirmado, outras 229 aguardam o resultado dos exames, e 827 recebem tratamento devido a outras enfermidades.

O cenário é pior que a última terça-feira (2), quando a taxa de ocupação chegou a 100,2%. Nesse intervalo de 24 horas, o Estado abriu 77 novos leitos de UTI, no entanto 97 pacientes acabaram precisando receber tratamento intensivo, fazendo com que mesmo com a abertura de vagas a situação não tenha sido aliviada.