Foto: Thales Ferreira/Prefeitura de São Leopoldo

O município de São Leopoldo, na Região Metropolitana, está em lockdown desde a zero hora deste sábado (6). A decisão foi tomada pelo Comitê de Atenção ao Coronavírus por causa dos dados de evolução da pandemia e ocupação de leitos na região.

Até a próxima terça-feira (9), além dos serviços de saúde, Além dos serviços de saúde, está permitido a abertura de serviços como farmácias, clínicas veterinárias, postos de gasolina para abastecimento e os pequenos mercados. As grandes redes de supermercado poderão atuar apenas no sistema de tele-entrega, assim como bares e restaurantes. A indústria poderá funcionar com 75% dos trabalhadores. O transporte público funciona apenas nos horários de pico e não circulará no domingo. Está suspensa temporariamente a gratuidade para idosos no transporte público.

A prefeitura não descarta que o lockdown continue após terça-feira (9). “Temos a convicção que o isolamento social é o que pode reduzir a curva neste momento, é o que deu resultado no começo e agora. Nós propusemos no Comitê um prazo de sete dias, mas não houve acordo. Por isso, a situação será reavaliada na terça-feira”, explicou o prefeito Ary Vanazzi.