Foto: Jaime Zanatta/GBC

Bruno Lara | brunolara@agenciagbc.com

Nesta quarta-feira (31) foi confirmado o ingresso dos policiais na lista prioritária para a vacina contra o coronavírus em todo o Brasil. Segundo a Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, Simone Sabin (PRTB), o pedido acolhido pelo Ministério da Saúde foi o enviado por Canoas.

Leia mais notícias de Canoas

O ofício nº11/2021, encaminhado para Eduardo Pazuello no dia 22 de março, solicitou a flexibilização de grupos prioritários para inclusão dos servidores da segurança pública. Na justificativa, a Prefeitura argumentou que os profissionais ficam expostos ao risco de contrair a doença durante as diversas operações.

Sabin falou com exclusividade para a coluna. Segundo ela, a ação se baseia no “relevante papel da segurança pública nas ações das fiscalizações, ajudando a manter a ordem no controle da pandemia. Pensar no coletivo é a melhor maneira de pensar em si mesmo”, defendeu.

Em Canoas, os profissionais têm participado da fiscalização para cumprimento das normas de saúde no controle da pandemia, junto com Vigilância Sanitária, Fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e da Fazendária.

Novas doses devem ser enviadas e um calendário específico anunciado para contemplar esse público.