Foto: IGP

A equipe de Exame Periciais em Acidentes de Trânsito, do Departamento de Criminalística, estuda a dinâmica do acidente ocorrido na madrugada deste sábado (17) na Freeway, onde um carro na contramão colidiu de frente com uma van. O condutor da van, de Sapucaia do Sul, estava sem cinto de segurança e morreu na hora. Já o motorista do carro teve o corpo 80% queimado e foi encaminhado para o Hospital Cristo Redentor, em Porto alegre.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) utiliza imagens de drones e câmeras de segurança da BR-290 para analisar o que aconteceu. Entender a velocidade em que os veículos estavam é uma das prioridades. Um exame toxicológico no condutor do Siena também será realizado para ver se estava sob o efeito de drogas ou bebidas alcoólicas. O resultado da perícia deve sair em 30 dias.