Foto: Jaime Zanatta/GBC

Bruno Lara | brunolara@agenciagbc.com

A Secretária da Educação, Dra. Sônia Rosa, confirmou que Canoas não deve voltar às aulas na próxima segunda-feira (26). Segundo ela, o município segue a decisão da Justiça, que proibiu o retorno, e não a nova orientação do governador Eduardo Leite (PSDB).

Leia mais notícias de Canoas

“O Procurador-Geral do Estado, Eduardo Cunha, vai tentar derrubar essa liminar, mas enquanto ela se mantém, Canoas vai cumprir o que a Justiça está dizendo: por enquanto, o não retorno às aulas presenciais”, afirmou a secretária.

Na quinta-feira (22), Leite publicou o Decreto 55.852, que passa a permitir cogestão também para a educação. As atividades presenciais de ensino só poderão ocorrer nas regiões classificadas em bandeira preta quando os protocolos municipais permitirem aplicação das regras da bandeira vermelha para as demais atividades.

“É uma forma de buscarmos, respeitando a decisão judicial (que impedia atividades de ensino presenciais na bandeira preta), contornar esta situação e retomarmos as aulas, especialmente considerando que o Rio Grande do Sul está num momento melhor da pandemia em relação ao período em que a decisão liminar foi tomada, no início de março”, destacou o governador Eduardo Leite.

Clique aqui para saber mais sobre o novo decreto.