Foto: Ariane Rodrigues/Grupo Pilau de Comunicações

O padrasto acusado de matar o enteado de 17 anos foi encontrado morto horas após o crime, no último domingo (2), em Cruz Alta. O homem não teve a identidade divulgada.

Leia mais notícias de polícia

Conforme a Brigada Militar (BM), cinco homens invadiram a casa e mataram o homem a tiros. Eles fugiram em um VW Gol, mas os policiais encontraram o carro e todos os participantes do crime.

Com o grupo, os policiais apreenderam cinco armas de fogo, sendo três revólveres calibre .38, duas pistolas calibre .380, uma pistola calibre 9mm e um colete balístico.

Morte do adolescente

Conforme informações da Polícia Civil, o menor foi defender a mãe durante uma discussão com o padrasto. O homem sacou a arma e disparou contra a vítima, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.