Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite anunciou que a bandeira vermelha será prorrogada até o dia 15 de maio. A partir dessa data, de acordo com o Palácio Piratini, deve entrar o novo sistema estadual de gestão da pandemia que vai substituir o das bandeiras.

Leia mais notícias de coronavírus

Segundo o governo, nesse novo modelo, os prefeitos terão maior poder de decisão, ficando o governo do Estado com a incumbência de emitir alertas sobre indicadores e recomendar medidas. Ainda sem nome, o novo modelo deixará com os prefeitos as principais decisões sobre protocolos. Segundo Leite, o Estado só vai intervir em últimos casos.

A decisão sobre adiar a aplicação do novo modelo foi tomada pelo gabinete de crise do Piratini, na manhã desta quinta-feira (6). Até o dia 15, o governo fará uma série de reuniões sobre o tema com setores políticos, econômicos e científicos. Nesta sexta-feira (7), Leite terá uma reunião virtual com deputados e prefeitos. No sábado (8), será a vez de ouvir o que pensam as entidades que representam setores produtivos.