Foto: Felipe Roxo/reprodução Facebook.

Amigos e familiares se despediram com uma carreata manhã deste domingo do caminhoneiro de Cachoeirinha morto a tiros durante assalto em São Paulo na quinta-feira (6). O velório foi na Funerária Rainha da Paz e o enterro no Cemitério Memorial da Colina.

Felipe Roxo Machado tinha 31 anos. Ele deixa a esposa, Daniela Rocho, e a filha, Isabela Rocho, com menos de dois anos.

Conforme a Polícia Civil, Felipe conduzia um caminhão Mercedes Benz de uma transportadora gaúcha. Carregado de autopeças, ele andava pelo Rodoanel Mário Covas, em Embu das Artes, na Grande São Paulo, quando a carreta teve uma pane. O motorista acionou um mecânico para prestar atendimento. Quatro criminosos armados apareceram e renderam as duas vítimas, que foram amarradas e encapuzadas.

Leia mais notícias de Cachoeirinha

No momento do assalto, uma viatura da Polícia Militar passava pelo local. Os policiais se aproximaram e foram recebidos a tiros pelos criminosos. Durante a troca de tiros, um dos assaltantes disparou diversas vezes contra Felipe. Um dos criminosos também acabou morto. Os demais cúmplices fugiram para um matagal. Uma pistola e duas réplicas de armas foram apreendidas no local. A Polícia Civil de São Paulo ainda investiga o caso.