Foto: Polícia Civil/Divulgação

Um pastor foi preso na manhã desta quarta-feira (21) durante a Operação Disfarce, em Sapucaia do Sul. Ele foi pego em flagrante em um depósito de cigarros contrabandeados no bairro Getúlio Vargas.

Receba as notícias de Sapucaia do Sul no WhatsApp

De acordo com o delegado Gabriel Borges, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Sapucaia do Sul, o local foi alvo de diversas denúncias. Os policiais monitoraram o depósito por 30 dias e identificaram um constante fluxo de veículos, muitos deles furgões e carros com caçamba. Eles entravam no pátio e eram carregados com diversas caixas. “Seguimos dando importância e atenção a todo tipo de denúncia efetuada pela comunidade, pois auxilia o trabalho da polícia” destaca.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, os policiais descobriram que o pavilhão armazenava cigarros contrabandeados do Paraguai. No local, foram apreendidas mais de 100 caixas de cigarros, além do veículo utilizado para o transporte das mercadorias.

Um homem, que é pastor no bairro, foi preso em flagrante no local. Ele levou um prejuízo que, segundo a polícia, pode chegar a R$ 200 mil. “O resultado é extremamente positivo, pois retira de circulação material de procedência ilícita”, comenta o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza.