Ao tentar fugir de uma abordagem, um homem foi alcançado pela Brigada Militar e reagiu, ferindo um dos policiais nesta quarta-feira (28). Ele foi morto a tiros na RS-527, estrada de chão próximo a Tupanciretã. 

Receba as notícias de CANOAS pelo WhatsApp

O homem, de 29 anos, foi identificado como Osmani Júnior da Silva Luz. Ao portal GZH, o delegado Adriano de Rossi, responsável pelo caso, disse que o ele tinha antecedentes e já deveria estar preso. “Esse indivíduo estava tocando o horror em Tupanciretã. Era investigado por uma série de furtos e, inclusive, roubo. No início de julho, pedi a prisão temporária dele para fazer o reconhecimento de um roubo em que ele era suspeito. Mas o Poder Judiciário negou a prisão para fazer esse reconhecimento pessoal”, afirma.

Osmani era suspeito de furtos que ocorreram no município nos últimos dias. Quando foi parado, ele tentou fugir e esfaqueou um soldado de 32 anos da Brigada Militar. Ao tentar desferir um segundo golpe, ele foi atingido por dois tiros no peito e morreu na hora. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, levou o policial para atendimento e ele passa bem.

Um Inquérito Policial Militar foi instaurado e vai investigar o caso e o policial ficará afastado nos próximos dias para acompanhamento psicossocial.