Foto: divulgação

A agilidade do 15º Batalhão de Polícia Militar (15 BPM) em prender o criminoso que estuprou uma mulher na madrugada deste domingo (12) pode ter evitado duas mortes. O homem, de 45 anos, invadiu a casa de uma vizinha no bairro Berto Círio, em Nova Santa Rita, e foi espancado por populares. 

Ele foi levado para o Hospital de Pronto Socorro de Canoas em estado grave. Seu estado de saúde não é estável, mas, se sobreviver, será encaminhado para o presídio. 

Receba as notícias de NOVA SANTA RITA pelo WhatsApp

Conforme a polícia, o criminoso foi na casa da mulher e a levou até a sua casa, ameaçando estuprar seus filhos se não cooperasse. Ele estava com um simulacro de revólver calibre 38, uma faca e 300 g de cocaína. 

De manhã, após ser estuprada e passar a noite na casa dele, a mulher conseguiu sair e correu para chamar os vizinhos, que foram até o local e agrediram o criminoso até que ele ficasse gravemente ferido.