Foto: Brigada Militar/ Ilustrativa

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

Uma menina de 12 anos morreu após de ser atingida por um tiro acidental de arma de fogo, na última quinta-feira (16), em São Sepé, na Região Central do Rio Grande do Sul. Ela não teve a identidade divulgada.

De acordo com a Polícia Civil, a criança brincava com a pistola registrada no nome do pai quando foi atingida na cabeça. Ela não estava sozinha. Os policiais apuraram que junto, tinha um primo de nove anos e de um amigo também de 12 anos. As crianças chegaram a tirar o carregador da arma, mas havia um projétil na câmara da pistola.

O levantamento preliminar dos investigadores aponta que o disparo teria partido da própria menina. Segundo o relato das crianças, elas estavam sozinhas em casa no momento do disparo e correram para chamar a ajuda dos vizinhos, que acionaram a Brigada Militar.

A adolescente foi socorrida com vida e levada ao hospital, mas não resistiu e faleceu. Os pais ainda não foram ouvidos. O depoimento só deve acontecer depois do velório ou na próxima semana. A arma irá passar por uma análise da perícia.