Foto: Jaime Zanatta/GBC/ilustração

A Polícia Civil prendeu dois homens que organizavam festas raves clandestinas em Canoas durante a pandemia de coronavírus. Eles foram encontrados no bairro Harmonia.

Um homem de 35 anos que não teve a identidade divulgada confessou a organização das festas. Conforme a polícia, eles também tinham um esquema de telentrega de drogas sintéticas na Região Metropolitana.

Receba as notícias de CANOAS pelo WhatsApp

Foram cumpridos mandados em duas casas. Na primeira, foram localizados 2,7kg de cocaína. “O suspeito faz uso da tornozeleira eletrônica e tem antecedentes pelo crime de tráfico no bairro Arquipélago, em Porto Alegre”, revelou para GZH o delegado Alencar Carraro, da 3ª Delegacia de Investigação do Narcotráfico.

Já na segunda residência, um homem de 35 anos foi preso e um de 41 anos foi apreendido por estar no local. Eles tinham anabolizantes, duas máquinas de cartão, um celular, 12 comprimidos de ecstasy, duas balanças de precisão e R$ 820 em dinheiro.

No carro em que estavam entrando na hora da abordagem, foram localizados mais de 30 comprimidos de ecstasy, um celular e dezenas de pulseiras que eram distribuídas para festas raves. Um carro Sentra foi apreendido e deve ser utilizado pela polícia em operações futuras.