Foto: Jaime Zanatta/GBC

Receba as notícias de Agência GBC no WhatsApp

Paulo Roberto da Silva de 35 anos, morto a tiros na tarde desta segunda-feira (11), não estava sozinho quando criminosos invadiram a residência na Rua Alcides Pinheiro Abreu, no bairro Niterói, em Canoas, e atiraram nele. Junto, estava a mãe, que viu o filho ser morto a tiros.

A mulher também foi baleada pelos criminosos. Ela levou um tiro na perna e foi levada pelo Samu ao Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC). O estado de saúde dela não foi informado. Paulo morreu no local.

O caso agora é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda não há informações sobre suspeitos do crime.